Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Toró comemora a chance de jogar a primeira final pelo Atlético-MG

Volante conquistou seis títulos em seis anos de Flamengo e espera manter sequência de conquistas em Minas

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Divulgação
Toró deve disputar seu primeiro clássico pelo Atlético-MG
Com a suspensão do meia Renan Oliveira, o volante Toró deve entrar no time titular do Atlético-MG para o clássico com o Cruzeiro, o primeiro da final do Campeonato Mineiro, neste domingo, às 16h, na Arena do Jacaré. Vitorioso na sua passagem pelo Flamengo, Toró comemora a possibilidade de começar como titular na sua primeira decisão com o Atlético-MG.

“Estou feliz por estar disputando uma final em um clube onde estou começando. Agora é superação, me dedicar. Estou preparado. Estava esperando essa oportunidade e não tenho que pensar em cansaço”, disse Toró, que não atua desde 31 de março, na derrota para o Grêmio Prudente por 2 a 1, ainda pela Copa do Brasil.

Foram seis partidas afastado da equipe titular. Depois de dois treinamentos entre os titulares, o volante atleticano não esconde a vontade de jogar o clássico deste domingo, que pode ser o primeiro dele pelo Atlético-MG, já que na primeira fase ele ainda fazia trabalho físico específico e nem sequer foi relacionados.

“Considero que é um momento de dedicação, de concentração, lógico que contar com jogadores que estão acostumados a conquistar títulos ajuda, mas todo mundo vai entrar motivado, concentrado. Estou muito feliz com a oportunidade de jogar uma final pelo Atlético e conquistar meu primeiro título”.

Se confirmada a entrada de Toró, ele deve ter a função de marcar o meia Montillo, já que nas últimas partidas o técnico Dorival Júnior estava jogando com apenas dois volantes. Nos dois clássicos disputados pelo meia argentino do Cruzeiro, a função de marcá-lo era de Zé Luís, que já está fora do Atlético-MG. Toró não tem boas lembranças de Montillo, mas garante que está pronto para anular o camisa 10 do Cruzeiro neste domingo.

“Enfrentei o Montillo na Libertadores, pelo Flamengo. Tivemos uma desilusão muito grande, mas enfim, estou preparado. A gente sabe da qualidade do jogador, sabe que não pode dar espaços porque ele é diferenciado. Mas o Atlético-MG também tem qualidade. Do mesmo jeito que vamos enfrentar um grande jogador, tenho certeza que eles estão preocupados com o lado de cá também”.

Leia tudo sobre: Atlético-MGToróCampeonato Mineiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG