Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Torcida usa bordão de Tiririca para o pior Paraná da história

Clube emplaca seis partidas sem vencer e crava o pior início de temporada desde a sua fundação, há 21 anos

Altair Santos, iG Curitiba |

O empate por 1 x 1 com o Paranavaí, na noite desta quarta-feira, coloca o Paraná versão 2011 como o pior da história do clube. Supera o time do início da temporada de 2004, que havia perdido quatro jogos e empatado um. Agora, a série de tropeços acumula quatro derrotas e dois empates. Segundo o técnico Roberto Cavalo, a estatística negativa não o preocupa. “Minha preocupação é arrumar esse time para sair dessa situação, não os números negativos”, disse, na entrevista coletiva após a partida.

No entanto, durante o jogo, o treinador demonstrou nervosismo. A ponto de sair chutando garrafas de água quando saiu o gol do Paranavaí, marcado por Ferraz aos 31min do 2.º tempo. O descontrole não foi exclusividade de Roberto Cavalo. Na arquibancada, a torcida vaiou copiosamente o time. Houve também que aproveitasse o momento do Paraná para partir para pilhéria. “Mudança, Já. Para presidente do Paraná Clube, Tiririca. Pior que tá, não fica”, dizia uma faixa estica no alambrado de Vila Capanema.

Agora, o Paraná se prepara para enfrentar o Atlético-PR, domingo, às 19h30. O time voltará a sofrer mudanças. O volante Luiz Camargo, que foi liberado para acertar com o futebol alemão, não conseguiu inscrição e retorna ao time. Há também a expectativa em torno da volta de Kelvin e da estreia de Kerlon. O clássico vai acontecer na Arena da Baixada.

Gazeta Press
David, do Paranavaí, e Tito, do Paraná, brigam pela Bola na Vila Capanema

Leia tudo sobre: ParanáCampeonato Paranaense 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG