Equipe de São Januário perdeu seus dois jogos até agora no Campeonato Carioca. Carlos Alberto e Felipe foram xingados

A paciência da torcida do Vasco parece ter acabado. As duas derrotas para Resende e Nova Iguaçu revoltaram os torcedores que estiveram em São Januário na manhã desta segunda-feira para protestar. Cerca de dez pessoas estiveram na entrada do clube e fizeram duras críticas ao elenco vascaíno.

A manifestação transcorreu de forma pacífica. O presidente e ídolo do clube, Roberto Dinamite, foi o principal alvo dos torcedores. Os meias Felipe e Carlos Alberto também não foram poupados.

Na noite de domingo, os muros da sede do clube foram pichados com frases como "Fora Carlos Aberto pipoqueiro" e "Queremos time". Nesta segunda-feira, as pichações já tinham sido apagadas e as dependências do clube amanheceram com segurança reforçada.

Na manhã desta segunda, jogadores do Vasco disputaram jogo treino contra o Interclube, de Angola
Divulgação
Na manhã desta segunda, jogadores do Vasco disputaram jogo treino contra o Interclube, de Angola

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.