Para provocar torcida do Cerro Porteño, brasileiros cantam sobre a modelo famosa por seus atributos e torcedora do time paraguaio

Pelo menos 400 torcedores do Cerro Porteño, segundo estimativa da Polícia Militar, foram ao Pacaembu para ver a partida contra o Santos . Alguns brasileiros, torcedores de outros times paulistas, estiveram infiltrados, como é tradicional quando o duelo é contra um rival local. Mas a torcida santista escolheu a música para provocar os paraguaios, e não tem muito a ver com futebol.

Siga, torça e comente Santos x Cerro em tempo real

“A Larissa é nossa, a Larissa é nossa, a Larissa é nossa”, gritaram os torcedores, na referência publicável da modelo paraguaia que ficou famosa na Copa do Mundo de 2010 por aparecer assistindo aos jogos da seleção com um celular entre os seios . “Larissa não veio, mas a torcida do Cerro está aqui pela classificação”, disse Pedro Gutierrez, paraguaio que vive em Ibiúna, cidade do interior de São Paulo.

Larissa Riquelme, que foi capa da Playboy brasileira em ensaio nu, é torcedora declarada do Cerro, apesar de admitir não conhecer muito bem a escalação de seu time. Em Assunção, ela chegou a posar com roupa no estádio do clube, conhecido como “Lã Olla”, logo após a Copa. Larissa ficou famosa por torcer para o Paraguai com decotes, parte de uma promoção de uma empresa de telefonia paraguaia. Na época, ela prometeu que faria um ensaio sensual "como presente ao país" e cumpriu, divulgando as fotos em sua página no Twitter .

O iG apurou que ela foi convidada por um dos patrocinadores da Libertadores para comparecer ao estádio, mas por ter contrato com concorrente avisou que não compareceria.

As equipes começaram o jogo com as seguintes escalações. Santos: Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Danilo e Elano; Neymar e Zé Eduardo. Cerro Porteño: Barreto, Piris, Uglessich, Pedro Benites e Cesar Benitez; Caceres, Julio dos Santos, Villareal e Torres; Fabbro e Barreiro.

Torcedores de Cerro, à direita, e Santos, no tobogã, esperam início da partida
Marcel Rizzo, iG São Paulo
Torcedores de Cerro, à direita, e Santos, no tobogã, esperam início da partida

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.