Tamanho do texto

Meia fez sua estreia no Brasileiro na derrota para o Ceará. Confira o gráfico da atuação do argentino

Um dos momentos de irritação máxima na derrota do Inter para o Ceará foi quando o técnico Falcão decidiu retirar D´Alessandro de campo. Aos 32 minutos do segundo tempo, a placa indicando o número 10 foi levantada pelo quarto árbitro. As vaias ecoaram no Beira-Rio. Em um primeiro momento não se sabia para quem eram. Porém, assim que D´Alessandro pisou fora do gramado, elas cessaram. Dando a clara ideia de que o descontentamento era com a opção do técnico Falcão e não com a atuação discreta do argentino.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

D´Ale saiu, Oscar entrou. Pouco fez. O Inter não conseguiu furar o bloqueio do Ceará e se manteve com um ponto após duas rodadas do Brasileirão. O argentino absolveu o treinador e aceitou a troca numa boa.

“É uma troca normal. Perdemos, não jogamos bem, temos que melhorar. Posso sair, sou como qualquer um”, disse.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Falcão também não teve nada para reclamar. Apenas justificou a troca do argentino por uma questão tática.

“Ele foi bem , procurou jogo, não se escondeu. Mas é um jogador que acaba sendo bem marcado. Não vi o time jogando mal a ponto de ser criticado. Temos que criar situações”, explicou.

A semana ficou marcada por um episódio envolvendo os dois personagens. Falcão expulsou D´Alessandro do treino de quinta-feira , após discussão com o zagueiro Juan. Logo em seguida as partes trataram de amenizar o clima . Tudo parece tranquilo no Beira-Rio, com exceção da falta de bons resultados.

O jogo contra o Ceará foi o primeiro de D´Ale no Brasileirão. Ele estava machucado quando o time empatou com o Santos na estreia do campeonato. O iG separou as estatísticas da atuação do meia-atacante contra os nordestinos. Os números são do Footstats e estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad. 

D´Alessandro

X Ceará

Gerando gráfico...
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.