Tamanho do texto

Presidente Paulo Odone foi o principal alvo das manifestações no pátio do Olímpico

A frustação com o empate diante do América-MG foi tanta que a manifestação da torcida do Grêmio não ficou só nas vaias após o apito final de Péricles Bassols Pegado Cortez. Um grupo de gremistas protestou em frente ao vestiário, no pátio do Olímpico, especialmente contra o presidente Paulo Odone.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Não houve nenhum tipo de confronto. O grito mais ouvido era "Fora, Odone!". Os gremistas só pararam de reclamar com a chegada da Polícia Militar.

A relação do presidente com a torcida não é boa desde a demissão de Renato Gaúcho. O vice presidente de futebol, Antônio Vicente Martins, também foi considerado culpado pelo mau momento do clube.

Com 13 pontos, o Grêmio é o 15º colocado no Brasileirão. O próximo adversário é o Flamengo, sábado, no Rio de Janeiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.