decisão - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Torcida do Fluminense já faz fila nas Laranjeiras para decisão

Em busca de ingresso para duelo contra o Guarani, cerca de 350 torcedores acampam na sede do clube um dia antes do início das vendas

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854308847&_c_=MiGComponente_C

Desde a decisão da Libertadores de 2008 o torcedor do Fluminense deixou claro que é capaz de qualquer sacrifício para ver seu time campeão. NAquela ocasião, filas quilométricas foram formadas, e um tumulto generalizado tomou conta dos principais postos de venda, como a sede do clube e o Maracanã. Desta vez, o cenário é bem diferente, mas o jogo é igualmente decisivo.

Neste domingo, o jogo contra o Guarani é no Engenhão, a carga de ingresso é bem menor (apenas 30 mil), o adversário oferece bem menos perigo do que a LDU e o Fluminense depende somente de uma vitória simples para levantar o bicampeonato. Todos esses ingredientes só aumentam o interesse pelo jogo que decide o Brasileirão, bem como aumentam as dificuldades para conseguir um lugarzinho no estádio da final no próximo domingo.

E para não deixar que a frustração de ficar fora da festa se repita como há dois anos, o estudante Marcelo Jardim, de 23 anos, correu e foi primeiro a montar acampamento na sede das Laranjeiras. De mochila e com seu violão a tiracolo, Marcelo abriu a fila, que já conta com cerca de 350 torcedores, por volta de 21h30 de segunda-feira. Nem o fato de as bilheterias só serem abertas nesta quarta-feira, dois dias depois, é capaz de tirar o sorriso do rosto do tricolor que nunca viu seu time ser campeão brasileiro.

Eu nem era nascido quando o Fluminense foi campeão em 1984. Em 2008, cheguei na fila na madrugada do primeiro dia de venda e não consegui ingresso. Foi uma frustração muito grande, mas desta vez eu não deixo de ver esse título por nada, afirmou Marcelo, apelidado de 01 pelos companheiros de fila.

Futura Press
Torcida do Fluminense faz fila um dia antes da venda dos ingressos para a última partida do time

A base de sanduíches e salgadinhos, Marcelo conta que sua presença na fila com tanta antecedência fez com que o movimento aumentasse rapidamente. Ao lado de cerca de 15 torcedores e com tempo de sobra, o estudante passou a madrugada tocando violão, jogando sueca com os novos colegas e traçando uma estratégia a fim de evitar a confusão de 2008.

Sabemos que o movimento vai aumentar e queremos nos organizar para que todo mundo consiga comprar seu ingresso. Fizemos uma lista com os nomes por ordem de chegada e vamos colar no muro ao lado da bilheteria para não ter invasão. Estamos pensando também em comprar uma fita amarela para tentar isolar a fila de possíveis furões, explicou Marcelo, que na manhã desta terça-feira ganhou a companhia de sua irmã de consideração, Stephanie Almeida.

Stepanhie é mais velha do que Marcelo, mas também não viu o Fluminense ser campeão em 1984. Fanática pelo tricolor, ela diz que só não acompanhou a vitória de 2 a 1 sobre o Palmeiras, em Barueri, por uma fatalidade com seu pai, Mauro Nelson de Almeida, de 59 anos.

Eu iria para Barueri com meu pai, mas ele está desaparecido há seis dias. Ele saiu para trabalhar na quarta-feira, foi resolver um problema na rua e não voltou mais. Estamos tristes e preocupados com o sumiço dele, mas na esperança de que ele apareça até domingo. Nosso otimismo é tanto que vamos comprar o ingresso dele, contou Stefanini, que vai se revezar com os irmãos Marcelo e Nicolas no primeiro lugar da fila.

Nem a violência que atormentou o carioca nas últimas semanas fez Marcelo pensar em desistir de passar a madrugada quase sozinho num dos bairros afetados pelos arrastões e carros queimados.

Minha mãe ficou com muito medo, mas eu não. O fato de a sede do Fluminense ser ao lado do Palácio Guanabara me deixou menos preocupado, concluiu.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminensefutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG