Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Torcida do Corinthians faz festa antes mesmo da chegada do time à Bahia

Mais de 200 corintianos se aglomeram para recepcionar o Corinthians em Salvador. Voo de São Paulo atrasou quase duas horas

iG São Paulo |

Ronaldo reclamou pelo twitter. Elias, William e Júlio César idem. Os corintianos não gostaram de ver que o voo que os levariam para Salvador na tarde deste sábado fora cancelado. Quem não está nem aí para o atraso são os corintianos que vivem na Bahia e que aguardam ansiosamente para ver os líderes do Brasileirão de perto.

O saguão de desembarque do Aeroporto Luiz Eduardo Magalhães foi tomado por cerca de 200 corintianos que esperam com paciência e muita animação pela chegada dos seus ídolos. Entoando as músicas que a fiel torcida está acostumada a cantar no Pacaembu, os baianos corintianos esperam fazer o tempo passar mais rápido.

Os gritos e cantos dos corintianos só deixaram de ecoar quando um passageiro com a camisa do Vitória apareceu no saguão. Daí não faltou vaias para o rival corintiano deste domingo. Eu mereço, disse o torcedor do Vitória, que saiu rápido do meio dos corintianos.

As vaias ganharam força pela presença de torcedores do Bahia, que trocaram a última partida do time na Série B de 2010 para apoiar o adversário do Vitória, que luta contra o rebaixamento. A gente se une ao Corinthians e a quem for para ver o Vitória na segunda divisão, disse Emerson Lima, radialista e torcedor do Bahia.

Antonio Marcos, marceneiro de 33 anos e morador de Lauro Freitas, na região metropolitana de Salvador, é corintiano e levou seus dois filhos, Juan, de 8 anos, e Messias, de 9 para tentarem ver Ronaldo e companhia. É sempre assim quando o Corinthians vem aqui. Ano passado, numa terça-feira, também veio muita gente. É uma paixão que não tem explicação, disse Marcos.

A última vez que o Corinthians esteve em Salvador foi na disputa do Brasileirão de 2009, quando enfrentou e venceu o Vitória por 1 a 0, gol de Defederico. Estava lá e vou estar de novo. Tomara que o placar seja o mesmo, disse o corintiano da Bahia, que jura não ter simpatia nenhuma nem por Bahia ou Vitória. Sou só Corinthians e meu sonho é ainda assistir a um jogo no Pacaembu e dizer que estou na minha casa.

Comissão técnica e jogadores do time paulista deveriam chegar à capital baiana às 16h20 (no horário de Brasília), mas com o imprevisto a expectativa é que eles aterrissem no aeroporto Luiz Eduardo Magalhães somente às 18h20 de Brasília. Não importa quanto tempo vão demorar para chegar, o que importa é que vão chegar e a gente vai apoiar.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG