Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Torcida deve prestar homenagem a Sócrates com punho fechado

Durante minuto de silêncio no Pacaembu, torcedores se mobilizam para imitar gesto da comemoração de gols do Doutor

Marcel Rizzo, iG São Paulo |

Mobilização feita por meio de redes sociais deve fazer com que os 37 mil torcedores corintianos que estiverem no Pacaembu prestem homenagem ao Doutor Sócrates, ídolo corintiano que morreu na madrugada deste domingo vítima de uma infecção generalizada. Quando o árbitro Wilson Luiz Seneme apitar pelo minuto de silêncio, os torcedores devem erguer o braço direito com o punho fechado, para lembrar a maneira como Sócrates comemorava seus gols.

Leia também: Ex-jogador de futebol Sócrates morre em São Paulo

O gesto, que ficou eternizado nos Estados Unidos por atletas que lutavam contra o racismo, para Sócrates significava protesto contra a ditadura militar – ele participou ativamente dos protestos conhecidos como “Diretas Já” e foi o cabeça da “Democracia Corintiana”, que dava aos jogadores poder de decisão em assuntos como quando concentrar, que agradou a alguns e irritou a outros (o ex-goleiro Emerson Leão, hoje técnico do São Paulo).

Leia também: Em setembro, Sócrates afirmou que sua única dependência era a intelectual

De última hora, a diretoria de marketing deve produzir uma camiseta para os jogadores entrarem em campo, agradecendo a Sócrates. É possível também que carreguem uma faixa, mas resta saber se haverá tempo hábil de confecção. O presidente Andrés Sanchez, apesar de desafeto de Sócrates (que criticava sua gestão), autorizou a homenagem.

null

Leia tudo sobre: brasileirão 2011corinthianssócrates

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG