Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Torcida ameaça jogadores do Atlético-PR

Clima continua pesado no CT do Caju e organizada promete ações mais energéticas caso time não melhore

Leonardo Fagundes, iG Curitiba |

O protesto no final da tarde de terça-feira no CT do Caju foi apenas um alerta aos jogadores do Atlético-PR . Depois de conversar com atletas e comissão técnica, integrantes da torcida organizada Os Fanáticos publicaram uma nota oficial sobre a invasão ao Centro de Treinamento Atleticano. "Se necessário tomar atitudes mais enérgicas, elas serão tomadas", dizia parte do texto da nota.

Nesta quarta-feira, o clima continuou tenso e o presidente licenciado da organizada, que também é vereador em Curitiba, Julio Sobota, mais conhecido como Julião da Caveira, disse que a torcida vai ficar de olho nos jogadores, principalmente se algum deles estiver na noite curitibana.

"É uma promessa. Se eles continuarem a fazer esse papelão pelo Atlético, nós também iremos cair na gandaia e iremos atrás desses caras. A gente sabe agir com a razão e também sabe agir com a emoção", declarou Julião em entrevista à rádio CBN.

Já o Atlético divulgou uma nota oficial em seu site informando que não vai aceitar atitudes violentas. "Não se admite, ou se admitirá, manifestações que ameacem a integridade do patrimônio do Clube e a segurança física de seus torcedores, sócios, atletas, funcionários e dirigentes", informou parte do texto.
 

Leia tudo sobre: atlético-prbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG