Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Torcendo por acordo, Mattos repete que quer ficar no Botafogo

Volante admite que negociação é complicada, mas espera que equipe carioca convença o Panathinaikos

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O momento vivido por Marcelo Mattos é de indefinição. O contrato de empréstimo do jogador com o Botafogo vence no final de junho, mas o volante já declarou várias vezes que não gostaria de voltar ao Panathinaikos, da Grécia. Alguns dias depois de declarar para um site grego que acha difícil que o Botafogo tenha condições de pagar o que o Panathinaikos está pedindo (cerca de R$ 3,5 milhões), o jogador admitiu novamente que a negociação deve ser complicada.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"Venho dizendo que quero ficar, minha vontade é querer ficar, mas existem as dificuldades. Tenho um ano de contrato com o Panathinaikos ainda, mas acredito que até o final do meu empréstimo a gente consiga um acordo. Não vai ser fácil, mas minha vontade é continuar aqui. Eu acho que eles também não vão querer pagar um jogador insatisfeito", declarou Marcelo Mattos.

O motivo da vontade declarada em permanecer no Botafogo, segundo Marcelo Mattos, é o ambiente de jogadores, comissão técnica e diretoria do clube. Por isso, o jogador espera poder continuar em General Severiano e assinar um contrato longo.

"O ambiente dos jogadores é muito bom, a diretoria também. Em pouco tempo, duas ou três semanas, já pude conhecer o caráter e responsabilidade das pessoas que trabalham aqui no Botafogo. Minha vontade é seguir nesse ambiente. Sair do seu país feliz, com as crianças na escola é complicado", disse o volante do Botafogo.

Mattos admite que a situação influencia até mesmo no seu desempenho dentro de campo, mas descarta forçar uma negociação que prejudique uma das partes. "Atrapalha um pouco dentro de campo, seria hipocrisia dizer que não. Acho que quando você tem uma situação resolvida, não fica pensando o que vai acontecer daqui um mês. Não quero 'vencer pelo cansaço', vamos conversar e chegar num acordo que seja o melhor para todos", finalizou Mattos.

Leia tudo sobre: botafogobrasileirão 2011mercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG