Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Torcedores protestam após empate do Botafogo em Madureira

Time deixa vitória escapar aos 44 minutos do segundo tempo e tropeça pela segunda vez em três jogos no Campeonato Carioca

Gazeta |

AE
Herrera marcou o primeiro gol do Botafogo contra o Madureira
O vacilo do Botafogo no final da partida diante do Madureira, nesta quinta-feira, quando permitiu o empate aos 44 minutos do segundo tempo, poderia ser creditado a uma desatenção normal do começo de temporada. Porém, para os torcedores, o novo ano não renovou a paciência.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"A gente não pode dar brecha, não pode fazer o que fez hoje. A gente tem de ralar muito ainda", disse o argentino Herrera à "Rádio Globo". O atacante revelou que ele e os companheiros sofreram com os protestos da torcida no estádio de Conselheiro Galvão.

Leia também: Botafogo leva castigo no final e empata com o Madureira

Ainda tristes com o mau desempenho na reta final do Brasileiro do ano passado, os torcedores cercaram os atletas no trajeto entre a porta dos vestiários e o ônibus da delegação, gritando palavras de ordem e mostrando até notas de dinheiro.

Confira a classificação da Taça Guanabara

Um dos líderes do elenco, o centroavante Loco Abreu manteve a calma enquanto estava no gramado, comentando sobre os objetivos a serem alcançados pelo time.

"Foi um jogo movimentado, com muita marcação, mas dava para jogar bem. A gente sofreu o desgaste, e tomamos um gol em uma virada de bola de trinta metros. Deixamos escapar os três pontos. Mas tem de ter calma, é o terceiro jogo do campeonato, ainda tem clássico, e temos o objetivo de buscar essa Taça Guanabara", encerrou.

Ajude a aumentar a torcida virtual do Botafogo

Leia tudo sobre: botafogoherreracampeonato carioca 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG