Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Torcedores invadem treino e cobram jogadores do Grêmio

Cerca de 15 pessoas conversaram com atletas e só saíram do Olímpico após intervenção de Renato Gaúcho

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Gazeta Esportiva
Renato Gaúcho acalmou e conseguiu retirar invasores do gramado do Olímpico
O treino do Grêmio transcorria normalmente na manhã deste sábado em Porto Alegre. Os jogadores disputavam um animado rachão e cerca de 400 torcedores apoiavam o time na véspera do Gre-Nal. Então, ao fim da atividade, 15 deles invadiram o gramado do Olímpico e cobraram a vitória no clássico de domingo e o consequente título do Gauchão.

"Temos que ganhar domingo! Vamos lá", berrou um dos invasores batendo palmas e com tom ameaçador.

Não houve agressão a ninguém. Três seguranças do clube agiram rápido e impediram algo pior. A primeira medida foi desarmar uma espécie de ponte, improvisada com uma placa de publicidade, que ligava a arquibancada ao campo por cima do fosso.

Coube a Renato Gaúcho acalmar o protesto. Com calma, o treinador conversou com os invasores e pediu que deixassem o gramado. Então, os jogadores encerraram o treino e foram para o vestiário.

A atividade foi recreativa – a segunda da semana. No momento do protesto, alguns jogadores treinavam faltas e cobranças de pênaltis. Borges e Rafael Marques, por exemplo, já tinham descido para o vestiário. Fábio Rochemback havia deixado a atividade ao sentir dores musculares.

Além da conquista da Taça Farroupilha, o clássico vale o título antecipado do Gauchão para o Grêmio. Isto porque o time de Renato foi campeão do primeiro turno.

Leia tudo sobre: grêmiotreinoinvasãocampeonato gaúcho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG