Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Torcedores do Chelsea querem o retorno de Mourinho

Favorito para assumir o clube londrino, no entanto, é o holandês Guus Hiddink, da seleção russa

Gazeta |

A vaga de técnico do Chelsea está vaga após a demissão do italiano Carlo Ancelotti  e, se dependesse apenas dos torcedores, seria ocupada novamente pelo português José Mourinho. Atualmente técnico do Real Madrid , ele já recusou uma sondagem em abril e não deve sair do time espanhol, apesar dos pedidos da torcida após a derrota para o Everton, por 1 a 0, no domingo, pela última rodada do Campeonato Inglês.

Dessa forma, de acordo com os jornais ingleses "The Guardian" e "The Times", o favorito é o holandês Guus Hiddink, atualmente na seleção turca. Sua multa rescisória é alta, mas ele poderia comandar os dois times paralelamente. No entanto, sua preferência é se tornar diretor do Chelsea. Se isso acontecer, ele iria trás dos compatriotas Marco van Basten e Frank Rijkaard.

Após a demissão de Luiz Felipe Scolari, em 2009, Hiddink comandou o Chelsea por alguns meses por ser amigo de Abramovic.

Outro nome é o português André Villas-Boas, campeão português invicto, vencedor da Liga Europa e da Taça de Portugal pelo Porto . Aos 33 anos, ele já afirmou que quer continuar no estádio do Dragão. Seria seu retorno ao Chelsea, pois foi auxiliar de Mourinho na Inglaterra, entre 2004 e 2007.

Sete treinadores já passaram por Stamford Bridge desde que o russo Roman Abramovich comprou o Chelsea: Claudio Ranieri, José Mourinho, Avram Grant, Luiz Felipe Scolari, Guus Hiddink e Carlo Ancelotti.

Leia tudo sobre: Futebol MundialInglaterraEspanhaReal MadridChelsea

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG