Tamanho do texto

Intenção da torcida era cobrar reforços do presidente e até mesmo pedir o retorno do atacante Jobson

A torcida do Botafogo ainda não conseguiu engolir os resultados negativos do primeiro semestre. No fim da tarde desta segunda-feira, cerca de 30 integrantes de uma torcida organizada protestaram em frente à sede de General Severiano e tentaram invadir o clube.

Alguns torcedores chegaram a pular a roleta de entrada, mas foram imediatamente contidos por seguranças. Na sequência, a Polícia Militar foi acionada e enviou duas viaturas para tranquilizar os alvinegros. Outro momento tenso foi quando rojões foram disparados em direção à sede, mas não houve feridos.

O principal alvo foi o presidente Maurício Assumpção. Os fanáticos queriam cobrar reforços do mandatário e chegaram a pedir o retorno de Jobson, o que já foi descartado pela diretoria em função das polêmicas em que o jogador costuma se envolver.

O Botafogo se prepara para iniciar a disputa do Campeonato Brasileiro e Maurício Assumpção garante que conseguirá deixar o elenco mais forte, a ponto de brigar pelo título.