Jogador tenta explicar a integrantes de principal torcida organizada a contusão na coxa esquerda

Mesmo com a proposta do Flamengo , Kleber mantém o discurso de que pretende ficar no Palmeiras , independentemente se receber uma valorização salarial. Mas ele já sabe que a polêmica registrada pela contusão na coxa esquerda abriu uma ferida na torcida do Palmeiras. Por isso, ele conversou neste final de semana com integrantes de torcidas organizadas e falou sobre a sua contusão na coxa esquerda.

Enquanto estiver com dores, como ocorreu nas três últimas rodadas do Brasileirão, ele não pretende defender o Palmeiras.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

Muitos palmeirenses desconfiam de Kleber. Por meios de fóruns e blogs, os torcedores reclamam da contusão justamente no limite para ultrapassar a cota de jogos do Campeonato Brasileiro, o que o impediria de viabilizar uma transferência para um concorrente. Por conta da polêmica, algumas pessoas ultrapassam o limite da razão e partem para palavras ofensivas contra o atacante.

O procurador de Kleber, Giuseppe Dioguardi, também tem sido vítima de ofensas. Em alguns momentos, o agente tenta se explicar no T witter . Nesta segunda-feira, ele demonstrou, contudo, impaciência ao falar novamente que não houve um pedido de aumento salarial ao Palmeiras.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

Kleber citou, por sua vez, que carrega mágoa apenas com a atual diretoria do Palmeiras. Quando voltar a campo, ele "promete correr e brigar pela torcida". O jogador não considera sua imagem arranhada junto aos fãs. Se voltar ao time e marcar gols, o jogador acredita que tudo será esquecido, situação comum no futebol.

* Com informações da Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.