Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Torcedor do Fluminense chega em grande número, mas tem acesso tranquilo ao Engenhão

Cambistas e ambulantes inflacionam os preços de ingressos e faixas de um possível título brasileiro

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854634415&_c_=MiGComponente_C

A torcida do Fluminense vive uma situação de tranquilidade, a menos de duas horas do início da partida contra o Guarani. Embora a movimentação de torcedores seja enorme no entorno do Estádio do Engenhão, as entradas que dão acesso ao estádio não apresentam qualquer tipo de fila ou confusão. Bem diferente do que ocorreu em 2009, com a torcida do Flamengo sofrendo para entrar no Maracanã

AE
Torcedores do Fluminense chegam em grande número, mas entram sem tumulto no Engenhão

A ansiedade do torcedor em ver a bola rola e gritar campeão é tanta, que um grupo de torcedores confundiu o ônibus que trazia o time do Guarani com a delegação tricolor. Depois de alguns gritos de guerreiro, guerreiro, guerreiro, time de guerreiros, os tricolores se deram conta do equívoco e passaram a xingar os jogadores paulistas.

Como em toda decisão, a movimentação de cambistas e ambulantes é intenso e os preços são para lá de salgado. Um ingresso nas mãos dos cambistas está custando cerca de R$ 250 e uma faixa sai a R$ 5. Mas isso por enquanto, pois alguns ambulantes já avisaram que se o Fluminense for campão o preço sobe para RS$ 25.

Renan Rodrigues
Ambulante exibe faixas para festejar um possível título brasileiro do Fluminense neste domingo

Não foi neste domingo que a delegação do Fluminense estreou o novo ônibus presenteado pela Volkswagen com as cores do clube. Mas o motivo é simples e justo. Como o novo ônibus tem todos os vidros filmados, os jogadores não teriam qualquer tipo de contato com o torcedor. Já o que a delegação utilizou tinha vidros normais e o elenco pode ser saudado pelo torcedor durante todo o percurso. Quem aprovou a escolha da diretoria foi o volante Diguinho, que filmou os torcedores do Fluminense no entorno do palco de decisão. 

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminensefutebolguarani

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG