Tamanho do texto

Incidente ocorreu após empate em 0 a 0 contra o Norwich City, realizado no sáabdo

A polícia inglesa confirmou nesta segunda-feira que um torcedor do Chelsea foi preso no último fim de semana, acusado de entoar cânticos racistas em um trem. O incidente teria acontecido após o duelo de sábado, contra o Norwich City, que acabou terminando empatado em 0 a 0.

Confira a classificação do Campeonato Inglês

As autoridades vêm tentando coibir tal prática no país, mas os crimes de descriminação racial continuam se mostrando presente no esporte inglês. O mesmo fato também teria acontecido após o duelo contra o Genk, da Bélgica, pela Liga dos Campeões . No entanto, nenhuma prisão foi feita naquela ocasião.

Leia também: Drogba garante permanência no Chelsea até junho

Preocupada com uma possível punição ao clube, o Chelsea divulgou uma nota oficial abominando os atos praticados no transporte público e ofereceu todo o suporte necessário para auxiliar a polícia na identificação dos demais torcedores que participaram da cantoria.

Enquanto isso, a equipe volta a se preparar nesta semana para o confronto diante do Queens Parks Rangers, pelo Campeonato Inglês . O duelo marcará o reencontro do zagueiro John Terry com o defensor Anton Ferdinand , que acusa o capitão dos Blues de ter cometido atos racistas no primeiro jogo entre as duas equipes na competição.