Equipe de Londres continua inconformada com lance na derrota para o Manchester na Liga dos Campeões

Derrotado diante do Manchester United no jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões, John Terry , do Chelsea , ainda não esqueceu a arbitragem do juiz Alberto Mallenco. Na partida vencida pelo time de Alex Ferguson, o brasileiro Ramires foi derrubado dentro da área, o que gerou muito reclamação na equipe londrina, que pediu pênalti no lance.

"Logo após a partida desta quarta-feira eu disse aos rapazes no vestiário que todos estão unidos contra o Chelsea. Para mim está muito claro para rever decisões tomadas contra nós ao longo dos anos", criticou Terry.

Após a derrota fora de casa, o Chelsea volta a campo contra os rivais no Old Trafford no próximo dia 12 de abril, próxima quarta-feira, às 15h45 (de Brasília).

"Não podemos esperar apoio de ninguém nesta competição e não podemos nos abalar com isso. Eu podia ver claramente que Ramires tocou na bola antes de ser derrubado por Evra", encerrou o zagueiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.