Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Título mundial do Corinthians completa 11 anos nesta sexta-feira

Edição 2000 foi o primeira da história organizada pela Fifa e o Corinthians é considerado primeiro campeão

iG São Paulo |

Aquela que é considerada a principal conquista da história do Corinthians completa 11 anos nesta sexta-feira. No dia 14 de janeiro de 2000, a equipe que contava com Dida, Rincón, Vampeta, Marcelinho Carioca, Ricardinho, Edílson e Luizão derrotou o Vasco em uma disputa por pênaltis, no Maracanã, após empate sem gols no tempo regulamentar e ficou com o primeiro título do Mundial de Clubes organizado pela Fifa.

A edição de 2000 do torneio foi bastante contestada, pois naquela época, além do torneio organizado no Brasil pela Fifa, ainda era jogada a Copa Intercontinental, disputada entre o campeão da Europa e o o vencedora da América do Sul, que definia até então o campeão do Mundo.

A fórmula de disputa trazia um sistema diferente do que é jogado atualmente. As oito equipes participantes: Al Nassr, da Arábia Saudita, Raja Casablanca, do Marrocos, South Melbourne, da Austrália, Necaxa, do México, Real Madrid, da Espanha, Manchester United, da Inglaterra, Corinthians e Vasco, do Brasil, eram divididas em dois grupos e o primeiro lugar de cada um deles se classificava para a disputa do título. Corinthians, no Grupo A, e Vasco, no Grupo B, foram os finalistas, e o time paulista levou a melhor na decisão por pênaltis.

Apesar da realização do Mundial já em 2000, a competição fez uma pausa e voltou a figurar apenas em 2005. Além do Corinthians, São Paulo e Internacional foram as equipes que venceram o torneio com esta fórmula de disputa.

O Corinthians publicou uma nota em seu site oficial para celebrar o aniversário de 11 anos da conquista. O meio-campista Edu, o último remanescente daquela campanha (que teve um histórico confronto com o Real Madrid na primeira fase), rescindiu recentemente contrato com o clube do coração e deixou o time de Tite. "Bati pênalti na final. Foi um auge da minha passagem pelo Corinthians", comentou o hoje veterano, no dia do seu adeus ao time.

*Com agências

 

 

Leia tudo sobre: CorinthiansMundial de Clubes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG