Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Título do Independiente amplia domínio argentino na Sul-Americana

O futebol brasileiro permanece com apenas um título. O Internacional levantou o troféu em 2008

Gazeta Esportiva |

A derrota do Goiás na noite desta quarta-feira diante do Independiente, da Argentina, frustra os planos do futebol brasileiro em se tornar, de forma isolada, o segundo maior vencedor da história da Copa Sul-americana. O país pentacampeão continua com apenas um título - o Internacional levantou o troféu em 2008.

No ranking da Copa Sul-americana, que é disputada desde 2002, a Argentina está soberana. O país soma cinco títulos: dois com o Boca Juniors, um com Arsenal de Sarandí, San Lorenzo e agora Independiente.

Na história da competição, a Argentina teve representantes em sete finais. Amargaram o vice-campeonato o River Plate, derrotado pelo Cienciano (Peru) na decisão de 2003, e o Estudiantes, superado pelo Inter em 2008.

Já os times brasileiros começaram a dar mais importância ao título da Sul-americana justamente após a conquista do Colorado. No ano passado, o Fluminense também chegou à final, contudo não obteve sucesso.

Em apenas duas edições da Sul-americana o futebol argentino não participou da decisão. Em 2006, o Pachuca, do México, garantiu a conquista diante do Colo Colo, do Chile. Em 2009, a LDU foi a responsável por tirar o título do Fluminense.

Com somente um título, o Brasil tem o mesmo retrospecto na Sul-americana de Equador, México e Peru. O fracasso desta quarta-feira encerra o sonho do Goiás em disputar a fase preliminar da Copa Libertadores da América-2011. A classificação ficou com o Independiente.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG