Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tite supera crises, "faz aniversário" e repete Mano e Parreira

Técnico já tem um ano no Corinthians e é apenas o terceiro a se manter tanto no cargo neste século

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O técnico Tite completou na última segunda-feira um ano seguido como técnico do Corinthians . O feito iguala o treinador a apenas outros dois técnicos que passaram por mais de um ano ininterruptamente pelo comando da equipe do Parque São Jorge nos últimos 10 anos: Carlos Alberto Parreira, em 2002, e Mano Menezes, treinador de janeiro de 2008 a julho de 2010.

AE
Tite fez um ano de Corinthians em outubro

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

Tite, que treinou o Corinthians entre maio de 2004 e fevereiro de 2005, atingiu a marca rara graças a uma mudança de postura da direção em relação às pressões de torcedores e conselheiros que sempre pediram pela cabeça do treinador a cada sequencia de jogos negativos.

Entre para a torcida virtual do Corinthians

Andrés Sanchez bancou o treinador em fevereiro, após a vergonhosa eliminação na pré-Libertadores para o Tolima. Justificou que não cairia na vala comum dos dirigentes que demitem técnicos a cada resultado negativo mais expressivo. Com a mesma postura bancou o técnico mesmo com o vice-campeonato paulista e também após seguidos protestos pela queda de rendimento da equipe no Campeonato Brasileiro.

Leia também: Por marketing, Ronaldo pode entrar em campo com o Corinthians

“Todos cobram profissionalismo dos clubes de futebol, mas se perde já querem mudar tudo. O Tite ficou porque mudar seria pior. O time nunca deixou de estar entre os primeiros. Todo mundo oscila e ter momento ruim no campeonato”, disse Sanchez, na segunda-feira.

E mais: Tite se exalta contra quem aponta "tabela fácil" do Corinthians na reta final

Tite reestrou no comando do Corinthians em 24 de outubro do ano passado. Venceu o Palmeiras por 1 a 0. Desde então foram 65 jogos com 34 vitórias, 18 empates e 13 derrotas. O aproveitamento é de 61,5% dos pontos. Só Márcio Bittencourt (72,2%), Mano (64,5%) e Parreira (62,1%) têm aproveitamentos melhores que Tite neste século. O treinador não se compara a eles, mas valoriza seus números.

“O que fica é que sou um dos técnicos com o maior índice de aproveitamento dos últimos 11 anos. Não dá para fazer analogia com quem fez 20 jogos (Bittencourt comandou 23 jogos no Brasileiro de 2005), ou quem jogou Copa do Brasil (Parreira) ou a segunda divisão (Mano). Cada campanha tem uma característica própria. Mas falta o título, não adianta”, disse o técnico, que ao contrário dos três, não participou de nenhum título pelo Corinthians. “Espero que seja agora para coroar esse trabalho”, disse.

Na primeira passagem de Tite pelo Corinthians, entre 2004 e 2005, o treinador dirigiu a equipe por 50 jogos: 24 vitórias, 14 empates e 12 derrotas. Salvou a equipe do rebaixamento em 2004 terminando o Brasileirão na quinta colocação. Em 2005 deixou a equipe após desavenças com Kia Joorabchian, da MSI, parceiro corintiano que comandava o futebol do clube na época.

Leia tudo sobre: corinthiansbrasileirão 2011titemano menezesparreira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG