Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tite se exalta e exige respeito à boa campanha do Corinthians

Polêmicas em torno de um possível favorecimento ao Corinthians são rebatidas por Tite que usa número para defender os méritos do líder do Brasileiro

Bruno Winckler, iG São Paulo |

Tite deixou claro que não está gostando das insinuações de que o Corinthians tem sido beneficiado nesta reta final do Campeonato Brasileiro. O treinador se exaltou ao apontar o merecimento do atual líder em ocupar o primeiro lugar e usou números para defender o Corinthians e sua postura. 

Ninguém chegou ao estágio que chegamos sem ter merecimento, não se recupera uma campanha depois de sete jogos sem vencer sem trabalhar e sem ter mérito. Vou exigir respeito com o trabalho que estamos fazendo aqui, disse o treinador em entrevista coletiva nesta terça-feira.

A polêmica criada em torno da partida de sábado contra o Cruzeiro motivou Tite a defender sua equipe de forma veemente. O pênalti em Ronaldo que deu a vitória ao Corinthians foi abordado pelo técnico que considerou o lance de falta muito claro. "Não houve dúvida. Olha só. Estamos questionando um árbitro que acertou. Vamos com calma", disse sobre o árbitro Sandro Meira Ricci, que anotou a penalidade aos 42 minutos do segundo tempo.

O comandante corintiano afirmou ter se municiado de números para desvalorizar os comentários de que o Corinthians só chegou à liderança do campeonato a três rodadas do fim do torneio por conta de erros de arbitragem favoráveis à sua equipe.

Eu me preparei para vir aqui e dizer que nós temos o melhor ataque do campeonato com 61 gols, temos o maior número de vitórias (18) a quinta melhor defesa (39), o melhor saldo (22). Essa é a campanha de um time que esteve entre os três primeiro colocados em todas as rodadas desde o início do campeonato. É isso que precisa ser valorizado e temos de defender o mérito desse time que está buscando com merecimento o título, disse o treinador.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG