Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tite rejeita favoritismo na disputa pelo título brasileiro

É lógico que temos a vantagem de um ponto e ainda estamos melhores nos critérios de desempate, mas isso para por aí, disse o treinador

Gazeta Esportiva |

O técnico Tite não disfarça a empolgação com a possibilidade de conquistar o título do Campeonato Brasileiro. Ainda assim, ele é bastante político e cuidadoso ao analisar a tabela de classificação - o Corinthians se isolou na liderança após vencer o Cruzeiro, a três rodadas do final.

"A nossa equipe é uma das três habilitadas a brigar pelo título. Não há favorito", bradou Tite, em tom sério. "É lógico que temos a vantagem de um ponto e ainda estamos melhores nos critérios de desempate, mas isso para por aí", acrescentou.

O Corinthians totaliza 63 pontos, contra 62 do Fluminense e 60 do Cruzeiro. A situação é bastante diferente em relação à época em que Tite assumiu o comando do time paulista. Com o novo treinador, o agora líder superou uma fase de instabilidade e protestos da torcida.

Mesmo em sua chegada ao Corinthians, no entanto, o invicto Tite projetava o troféu de campeão nacional. "Antes, fui otimista. Agora, sou realista. Faltam três jogos, e o momento é bom", admitiu.

Mas, da mesma maneira que se esforça para não provocar os concorrentes com o seu discurso, o treinador também não quer todos os louros pela reação do Corinthians. "Não gosto de elogiar a mim mesmo. Sem hipocrisia, tenho alguns méritos. Só que isso não adiantaria nada sem a qualificação do clube", afirmou Tite.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG