Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tite recusa imagem de salvador do centenário mesmo com título

O ano pode ser extraordinário com um grande título, avaliou o treinador, ao afastar a imagem de herói

Gazeta Esportiva |

O Corinthians deixou escapar até agora todas as chances de ganhar um título no centenário. Tanto no Campeonato Paulista quanto na sonhada Copa Libertadores, a equipe foi eliminada de modo precoce. A tentativa derradeira do clube está na última rodada do Brasileiro, neste domingo.

Em situação difícil, sem que o time dependa apenas de si - precisa vencer o Goiás e torcer por um tropeço do Fluminense contra o Guarani -, Tite procura não analisar a temporada somente por conquistas. Isso abriria premissa para classificar o ano como frustrante se o título não viesse.

"Não diria que iria salvar. Sei dessa responsabilidade de ser um ano especial. Não dá para fugir dela, ela existe. Mas não digo salvar, seria salvar se fosse do rebaixamento. O ano pode ser extraordinário com um grande título", avaliou o treinador, ao afastar a imagem de herói.

"Sei que tenho uma parcela importante, decisiva, na recondução do caminho das vitórias, de desempenho. Mas seria muito oportunismo da minha parte achar que, se eu estivesse desde o início, o time seria campeão. Pega 38 jogos... Não tem jeito de manter esse aproveitamento. Peguei um momento em que o grupo estava receptivo ao trabalho e soube conduzir", concluiu.

Contratado em outubro para substituir Adilson Batista, Tite comandou o Corinthians em sete partidas até este domingo. Foram cinco vitórias (Palmeiras, Avaí, São Paulo, Cruzeiro e Vasco) e dois empates (Flamengo e Vitória), com aproveitamento de 81% dos pontos possíveis. Caso vença o Goiás, em jogo que será às 17 horas (de Brasília), seu rendimento subirá para 83%.

Confira os tropeços corintianos no ano:

07/04 - Campeonato Paulista - A equipe goleou o Rio Claro por 5 a 1, no Pacaembu, pela última rodada da primeira fase competição, mas terminou em quinto - já que Grêmio Prudente e São Paulo também venceram seus compromissos - e não se classificou para as semifinais.

05/05 - Copa Libertadores - O time abriu dois gols de vantagem, no jogo de volta das oitavas de final, mas Vágner Love descontou no fim e classificou o Flamengo pelo saldo de gols do duelo, uma vez que o Corinthians havia sido derrotado na partida de ida por 1 a 0, no Maracanã.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG