Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tite reconhece importância de Liedson na recuperação corintiana

Treinador não gosta de externar opiniões sobre seus jogadores, mas se rendeu ao seu camisa 9

Bruno Winckler, iG São Paulo |

Tite é comedido para elogiar seus jogadores individualmente. Sempre que perguntado sobre o desempenho deste ou aquele atleta do Corinthians, o treinador se rende ao discurso padrão de que é “o grupo que vence”. Na véspera da partida contra a Ponte Preta, nesta quarta, às 21h50, porém, o treinador se rendeu a Liedson e admitiu que sem seu principal atacante a reviravolta que o Corinthians deu no último mês talvez não tivesse acontecido.

Futura Press
Identificação com Corinthians ajudou Liedson no último mês, diz Tite

“O Liedson teve um papel muito importante na nossa recuperação. Ele deu certo porque é identificado com o clube, porque sabe absorver pressão, se dedica ao trabalho e com isso tem um desempenho fantástico. Ele finaliza muito bem”, disse Tite, se derramando para os atributos do atacante que tentará ampliar sua boa média de gols.

Liedson já marcou oito vezes em seis jogos. Destes gols, sete aconteceram nos quatro jogos que realizou no Pacaembu, palco da partida desta noite. Desde a traumática derrota para o Tolima na Libertadores, no dia 2 de fevereiro, o Corinthians não perdeu, tanto que é o único time ainda invicto no Estadual. "O Liedson, com o grupo, deu uma resposta rápida ao torcedor. É isso que é mais importante", disse Tite. 

Tite sabe da importância extra de Liedson para o time, mas na mesma resposta em que enche o camisa 9 de elogios, não deixa de valorizar todos seus jogadores. O treinador acabou citando um a um os titulares e até alguns reservas.

“O momento é do Liedson, mas o Paulinho está jogando muito. O Castán melhorou muito seu cabeceio. Tem o Wallace que substituiu bem o Chicão. O Fábio Santos está bem e se não estiver tem o Marcelo (Oliveira). Há as individualidades, mas o grupo é forte. O Liedson faz gol, mas tem o Morais, o Bruno. O Dentinho voltou bem, com espírito competitivo. Tem o Júlio muito bem. Na direita o Alessandro está ótimo, mas o Moacir pode jogar se precisar, o Moradei numa eventualidade. É assim um time. Vamos repetindo formação, com poucas lesões e desse conjunto todo podemos colher os frutos”,disse Tite, na sua forma peculiar.

Leia tudo sobre: corinthianscampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG