Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tite não prioriza competições e usa exemplos recentes como álibi

Para treinador é um erro focar apenas a Libertadores e aponta títulos do Corinthians de 2009 como espelho

Bruno Winckler, enviado iG a Itu |

undefined
Tite acredita que pode ir bem tanto no Paulista como na Libertadores
Tite não vacila em seu discurso sobre as prioridades do Corinthians para esse início de temporada. Com uma decisão na Libertadores logo de cara e jogos seguidos pelo Campeonato Paulista, o Corinthians terá em campo os seus melhores jogadores no máximo de partidas possível. Sem distinção do torneio. É o que garante Tite.

“Temos de jogar todas as competições com o máximo de empenho possível. Não dá para ti ficar poupando nada”, disse o treinador, que cita exemplos vividos por ele em outros clubes e o próprio Corinthians de 2009 como o modelo a ser seguido neste ano.

“Tenho a experiência no Grêmio (em 2001). Fomos campeões gaúchos e da Copa do Brasil. Não tiramos o pé em nenhuma competição. Isso dá ritmo, uma coisa conjugada a outra. Moral da história: temos que ir bem no Paulistão. Estando bem no Paulistão vamos bem na Libertadores”, disse o treinador.

O treinador lembra a campanha similar do Corinthians há dois anos, quando o time não poupou esforços e abocanhou os dois títulos do primeiro semestre: o Estadual e a Copa do Brasil. “Os exemplos estão aí. É possível ir bem em todos os campeonatos. Basta planejar bem, trabalhar e confiar", disse.

Em 2010 o Santos também conquistou o Paulista e a Copa do Brasil na mesma temporada. O São Paulo foi último time brasileiro que conseguiu conquistar a Libertadores e o Estadual em um mesmo ano: 2005.

Leia tudo sobre: corinthianstitelibertadores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG