Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tite não faz rodízio e evita comparar-se a Mano, adepto à prática

Técnico afirma que não dará prioridade a jogos da Libertadores, diferente de ex-treinador corintiano

Bruno Winckler, iG São Paulo |

AE
Tite não pensa em mudar base da equipe para poupar jogadores
Na última preparação do Corinthians para uma Libertadores, em 2010, o então técnico Mano Menezes não escondeu que naquele início de temporada priorizaria os jogos da competição sul-americana e promoveu um rodízio entre os jogadores do seu elenco entre os jogos do Paulistão e da Libertadores. Um ano depois, Tite vive a mesma situação no Corinthians e, diferente do atual técnico da seleção brasileira, refuta poupar jogadores dos jogadores do Paulistão, como o próximo, contra o Noroeste, domingo.

"Não faço comparativo de um outro momento (com Mano). Não sei que circunstância se vivia aqui. Cada momento é um momento. Às vezes você toma decisões diferentes e situações iguais. Para este momento agora a ideia que tenho é que preciso

repetir a equipe. O jogo é a melhor forma de retomar ritmo, é a melhor forma de treinamento, por isso coloco desta forma", disse o treinador corintiano, que admite que em outras circunstâncias utilizou um time mesclado no Campeonato Brasileiro para privilegiar a Copa Sul-Americana, em 2008, pelo Internacional.

"Em 2008, eu poupei jogadores no Brasileiro para privilegiar a Sul-Americana e nós acabamos campeões", se recorda o treinador. O Inter venceu o Estudiantes na final daquele ano.

Nos três primeiros jogos oficiais de 2010, Mano Menezes não repetiu a formação e nem a base titular, diferente do que Tite pretende fazer neste ano. Ronaldo fez apenas um dos jogos, contra o Bragantino, em casa, na segunda rodada do Paulistão do ano passado, e ficou de fora contra Monte Azul e Oeste, fora de casa. O meio campo do time também foi bastante modificado por Mano. Nove jogadores se revezaram como titulares do meio campo em três jogos.

Tite, apesar de não ter entrado com os mesmos 11 titulares nos dois primeiros jogos do ano, mudou muito pouco. A linha de defesa foi a mesma nos jogos contra Portuguesa e Bragantino e será mantida contra o Noroeste, no domingo. O meio campo na estreia e no último jogo também não teve mudanças. Só agora, na terceira rodada, é que o treinador mudará um pouco o esquema de jogo, trocando Paulinho, titular nos dois últimos jogos, por Ronaldo.

O técnico corintiano ainda não confirmou, mas pretende repetir a formação do time que enfrenta o Noroeste na próxima quarta-feira, contra o Tolima, no Pacaembu.

Leia tudo sobre: corinthianstitemano menezescampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG