Tamanho do texto

Treinador afirmou que está apressando a volta do jogador por conta dos desfalques no ataque do Corinthians

Adriano em ação no treino desta sexta-feira
AE
Adriano em ação no treino desta sexta-feira
Relacionado pela primeira vez desde que chegou ao Corinthians , Adriano será o centro das atenções no duelo contra o Atlético-GO , neste domingo, no Pacaembu lotado . Mas o atacante, que está recuperado de lesão no tendão calcâneo do pé esquerdo, tem condições de atuar por no máximo 20 minutos, ficará no banco de reservas e, de acordo com Tite, só irá a campo em caso de necessidade.

Veja também:  Adriano diz que teve dúvidas sobre seu retorno aos gramados

"Tomara que eu não tenha necessidade de utilizar o Adriano. Em condições normais, ele estaria treinando mais para entrar em condições de jogo", disse o treinador, que não poderá contar com dois de seus atacantes: o suspenso Emerson e o contundido Liedson .

A ausência dos titulares, segundo Tite, foi responsável por apressar a volta do Imperador, que ainda não atingiu o peso considerado ideal . O próprio Adriano, em entrevista coletiva concedida na sexta-feira, fez questão de alertar que não está em condições de fazer a diferença e pediu paciência à torcida . O comandante segue pelo mesmo caminho.

"Inicialmente, não quero arriscar. Tendo a necessidade, sim. Ele se prontificou a jogar. Não está em suas melhores condições, mas não temos ninguém com essas caracterísitcas. Se fosse outro (jogador), talvez não quisesse expor sua imagem. Que o torcedor incentive aquele que vai a campo e saiba que estamos apressando o Adriano", acrescentou o comandante.

Na atividade deste sábado, enquanto Tite orientava os titulares, Adriano treinava com os reservas. Em campo reduzido, ele não se movimentou com frequência, mas marcou um bonito gol em chute forte com a perna esquerda após se livrar de Chicão (que mais uma vez não foi relacionado). Além de casos de necessidade, o camisa 10 também pode entrar em campo caso o Corinthians esteja vencendo com certa tranquilidade.

"Tenho coragem para assumir as responsabilidades e deixá-lo no banco. Sabe o que eu posso fazer? Pego o Adriano e coloco para jogar. Transfiro toda a responsabilidade paro atleta, que tem 10 ou 15 minutos de desempenho e depois cai. Todo mundo cobraria dele. Eu é que tenho de ver isso e avaliar. Ele está deixando a vaidade dele de lado, perguntou se pode ajudar. Se tiver 15 minutos, pode ajudar", comentou Tite, que terá Willian e Jorge Henrique na frente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.