Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tite lamenta não poder depender apenas de si por título

Para ser campeão, Corinthians precisa bater o Goiás e torcer por pelo menos um empate do Fluminense com o Guarani

Agência Estado |

Embora tenha ficado feliz com a vitória de 2 a 0 sobre o Vasco, no último domingo, no Pacaembu, o técnico Tite admitiu, após o confronto, que é lamentável o fato de o Corinthians não depender apenas de suas próprias forças para conquistar o título brasileiro no próximo domingo, contra o Goiás, no Serra Dourada. Além de vencer, a equipe paulista precisa contar com pelo menos um empate do Guarani diante do líder Fluminense, no Engenhão.

"É claro que é melhor depender das suas próprias forças. A ideia também era vencer o Vitória (na 36.ª rodada), assim como era também vencer o Flamengo (na 32.ª). Nós tínhamos condições. A ideia, aliás, nos últimos oito jogos - falaram que eu era maluco de pensar assim - era de vencer sete e ter de empatar o último, mas era a projeção real nossa. Tínhamos isso como ideia, mas não deu", lamentou o treinador, em entrevista coletiva.

Em seguida, Tite admitiu que faltou mais regularidade ao Corinthians durante a sua campanha, mas ressaltou que continua esperançoso no título, sem se importar com as probabilidades pouco animadoras de o time paulista ser campeão, apontadas pelos matemáticos às vésperas da última rodada da competição.

"Pra mim o Campeonato Brasileiro se dá numa sequência de jogos. O conjunto da obra é que determina (o sucesso de uma equipe). Volto a repetir: tenho que ficar muito agradecido a uma forma de trabalho da torcida e dos atletas, em que em sete jogos o time fez cinco vitórias e tomou dois gols. É muita pretensão minha dizer assim: com esse nível de aproveitamento, sobra 20 e tantos por cento de chance de ser campeão, mas futebol não é assim", ressaltou.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG