Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tite usa palavrão para criticar maratona de jogos em fevereiro

Corinthians terá nove jogos no mês mais curto do ano, e técnico pede que atletas na briga por vaga aproveitem a oportunidade

Bruno Winckler, iG São Paulo |

De forma espontânea e sem perder sua habitual educação, o técnico Tite demonstrou após a vitória do Corinthians sobre o Linense por 1 a 0, no domingo , sua preocupação com os jogos que sua equipe precisará encarar no mês de fevereiro. Serão nove partidas em 29 dias, com estreia na Libertadores inclusa no pacote de jogos. Com uma letra, o treinador explicitou o que pensa da maratona de jogos.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Leia também: Paulo André pede três times para suportar maratona de fevereiro

"Vai ser f. Vai ser f.", repetiu o treinador em entrevista coletiva. "Mas já está ligado o alerta de todos. A oportunidade vai cair no colo. Falei com Willian, Jorge Henrique, falei com todos. A oportunidade chega e eles têm que estar preparados. Esse grupo tem uma qualidade que é de treinar igual o jogo. Isso fica comparado ao jogo. Falei 'aproveita, Chicão' (titular nos dois últimos), falei para Fábio Santos e Ramon (concorrentes na lateral-esquerda). Todos vão ter as oportunidades", comentou o treinador.

E mais: Clássico antes de estreia na Libertadores já preocupa Corinthians

A preocupação de Tite é ainda maior quando ele pensa no que está reservado ao Corinthians no mês seguinte. Somados os jogos de março, o time fará 17 jogos em dois meses. Para se ter uma ideia, um turno do Campeonato Brasileiro, com 19 jogos, é disputado em três meses.

Leia ainda: Corinthians recebe R$ 1,8 mi com venda de Edno e diminui prejuízo

O Corinthians tem duas longas viagens nos próximos meses. A primeira, agendada para o dia 12 de fevereiro, para a Venezuela, no mesmo dia em que enfrenta o São Paulo pelo Paulistão. No dia 15 a equipe estreia na Libertadores contra Deportivo Táchira, em San Cristóbal. antes da estreia na Libertadores contra o Deportivo Táchira, dia 15 de fevereiro. "Já tem um clássico no dia 12 e depois a gente já viaja para a Venezuela. Então é importante que todo mundo esteja preparado", disse o zagueiro Leandro Castán.

Confira também: Com gol de Emerson e ajuda de juiz, Corinthians bate o Linense

"Por isso eu digo. Te prepara. Uma hora você vai ter de tirar um aqui, outro ali e aí a oportunidade te cai no colo e você precisa estar pronto para agarrar. Foi assim com o Chicão. Ele não ia jogar quando saiu o Paulo André, ia ser o Wallace. Daí ele quebrou o nariz e o Chicão entrou. Foi bem nos dois jogos e está ganhando pontos", disse o treinador, citando o ex-capitão que perdeu condição de titular em setembro.

Entre para a torcida virtual do Corinthians e o ajude a se manter no topo do ranking.

 

Leia tudo sobre: corinthianslibertadores 2012paulistão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG