Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tite elogia goleiro do Cruz Azul e lamenta chances perdidas no Pacaembu

Treinador comemorou vitória e exaltou desempenho do time, apesar do placar magro

iG São Paulo |

Como tem sido a cara do Corinthians de Tite, a vitória sobre o Cruz Azul nesta quarta-feira veio apertada, pelo placar mínimo, como foram oito das 11 vitórias do time no ano. Para o treinador, por mais que seja difícil aceitar os placares magros, é preciso exaltar o desempenho da equipe, que teve 23 finalizações. Ele também elogiou a atuação do goleiro Corona, autor de 12 defesas na partida do Pacaembu.

"Primeiro é enaltecer desempenho. Mas temos de fazer que esse desempenho traga um resultado final que possa ser mais elástico. Mas tem dois lados. Corona joga muito. Só isso. Corona joga muito. Foi muito bem lá no México e aqui também", disse o treinador, se referindo ao goleiro do Cruz Azul. "Ele não quebra bola", completou o treinador.

Leia também: Corinthians cumpre missão, vence Cruz Azul e lidera na Libertadores

O Corinthians criou bastante, teve 54% de posse de bola, mas por pouco não viu a vitória escapar numa bola, já no final do jogo. Villa acertou a trave de Julio Cesar. O goleiro corintiano comemorou a vitória, mas reconheceu que o susto poderia ser evitado.

"A gente produziu muito, podia ter feito mais. A bola na trave foi um susto que não precisava passar. Hoje deu tudo certo, mas temos de aproveitar melhor as chances", disse o goleiro. "E o Corona, eu acho que foi o melhor jogador em campo. Quando tem um goleiro inspirado do outro lado é difícil", comentou.

O Corinthians agora tem oito pontos, um a mais que o Cruz Azul. A próxima partida do time na Libertadores será no dia 11 de abril, provavelmente em Ciudad del Este, contra o Nacional (PAR). O time paraguaio tem três pontos em três jogos.

Leia tudo sobre: corinthianscruz azullibertadores 2012tite

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG