Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tite diz que Bruno César não foi o único cobrado antes das férias

"O procedimento foi igual para cada um dos jogadores", afirmou sobre as recomendações aos atletas

Gazeta |

O meia Bruno César revelou na sexta-feira que, depois de uma conversa com Tite, decidiu treinar durante o período de férias para acelerar o seu recondicionamento físico na pré-temporada do Corinthians. No dia seguinte, no entanto, o treinador ressalvou que fez a mesma cobrança a todos os seus atletas.

"O procedimento foi igual para cada um dos jogadores. É bom dizer isso, para não parecer que era algo exclusivo para o Bruno César. Conversei com todos, de forma particular. Acho importante passar a expectativa do treinador para eles", comentou Tite.

As exigências do comandante corintiano foram bem aceitas pelo elenco. Bruno César chegou a definir Tite como um "paizão". "Se ele considera um pai a pessoa que fala a verdade, elogiando quando o filho está certo e cobrando quando está errado, fico feliz. Mas, se for um pai conivente com tudo, não serve. Pai carrasco também não. Tomara que seja um meio-termo, que é o que eu procuro seguir", sorriu Tite.

Segundo o técnico, a maioria dos jogadores do Corinthians acatou a sua orientação e não se reapresentou tão fora de forma no dia 3 de janeiro. "Mas o mérito maior por isso é do Dudu [Eduardo Silva, preparador físico], que prescreveu alguns cuidados para eles. O pai nessa história foi o Dudu. Eu só externei o quanto isso era importante para cada um", comentou.

Os jogadores do Corinthians voltarão a entrar em campo já no dia 16 de janeiro, contra a Portuguesa, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. Para minimizar ainda mais os efeitos das férias, Tite acelerou os trabalhos com bola na concentração da equipe em Itu, interior de São Paulo.

Leia tudo sobre: CorinthiansTiteBruno César

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG