Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tite cobra simplicidade e não quer estrelismo no Corinthians

Após vitória sobre o Americana neste domingo, treinador afirmou que grupo tem de dividir méritos e falhas

Gazeta Esportiva |

Tite não gosta de fazer elogios rasgados ou críticas públicas aos seus jogadores. É com essa postura que o técnico pretende formar um grupo humilde para a sequência da temporada, sem dar espaço para estrelismo no Corinthians. "Um time vencedor tem que ser humilde, simples", cobrou Tite, satisfeito com o desempenho da equipe na vitória por 1 a 0 sobre o Americana, neste domingo, no Pacaembu.

Mais uma vez, Liedson foi o destaque corintiano em campo. O artilheiro do time marcou o gol da vitória com a camisa 9 antes envergada por Ronaldo, mas continua muito mais discreto do que o seu antecessor quando está fora de campo.

"É claro que o Liedson tem importância para a gente, mas preferimos contar com um elenco de atletas mobilizados. Quando o Liedson não pôde jogar, o Willian apareceu e fez dois gols no Mirassol. O grupo sabe que, daqui a pouco, a oportunidade de atuar cairá no colo de todos", comentou Tite.

O técnico nem precisa pedir humildade a Liedson, que prima pela discrição. "Os méritos são de toda a equipe, dos meus companheiros", partilhou o atacante neste final de semana, como sempre faz.

Quem está em baixa no Corinthians também não fica tanto em evidência com o modo de Tite dirigir o time. "Ninguém vai ser astro ou culpado de nada. Somos todos responsáveis. A torcida não gostou quando o Bruno César perdeu uma bola, mas ele é um atleta jovem e vai amadurecer. Falei para ele tocar mais curto primeiro para pegar confiança e arriscar o passe longo depois", comentou o comandante.

Leia tudo sobre: campeonato paulista 2011corinthianstite

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG