Caso Liedson fique na reserva, Emerson Sheik será escalado no time titular do Corinthians no clássico contra o Palmeiras

O técnico Tite pode deixar Liedson na reserva
Gazeta Press
O técnico Tite pode deixar Liedson na reserva
A maior indefinição do Corinthians para o clássico contra o Palmeiras, domingo, no Pacaembu, está no ataque. Sem marcar gols há 11 jogos nesta temporada, Liedson pode perder sua vaga de titular para Emerson Sheik. Sem confirmar a troca, Tite citou o afastamento de Willian para avisar que percebe quando um jogador não está rendendo tudo o que pode.

O comandante negou que só esteja cogitando fazer alterações por questões físicas - Alex, Danilo, Jorge Henrique e o próprio Liedson dependem de aval do departamento médico para ficarem disponíveis.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O Willian, por exemplo, teve declínio técnico e saiu. Vai procurar trabalhar e vai retomar seu rendimento", disse Tite, lembrando que o camisa 7 sequer foi relacionado para o duelo contra o Cruz Azul, na última quarta-feira, pela Libertadores, e também não está entre os concentrados para o clássico. Ele também citou Alex e Danilo, que já foram sacados por renderem menos que o esperado, e avisou que todos correm o mesmo risco.

Leia mais: Demissão de Adriano foi por justa causa, diz Corinthians

Na semana passada, o treinador já havia descartado a chance de escalar atletas por gratidão - cenário que se enquadra à situação de Liedson, artilheiro do time em 2011 mesmo com insistentes dores no joelho esquerdo.

Já na entrevista coletiva que concedeu nesta sexta-feira, Tite deu a entender em alguns momentos que o Sheik está em vantagem na disputa pela vaga. Ao ser questionado se a melhor forma de resolver a ausência de gols do Levezinho é dar a ele uma sequência de jogos, sorriu e foi curto: "não dá para afirmar", disse.

Veja também: Adriano contesta justa causa, promete falar e "tomar providências"

Depois, ao falar sobre as costumeiras boas atuações de Jorge Henrique em clássicos, acabou elogiando Emerson sem mencionar o nome do camisa 11. Ele disse que aprecia atletas que "jogam muito" até contra o último colocado, citando inclusive o Comercial, último adversário do Corinthians no Paulistão, sendo que o grande destaque do time no empate com o Bafo por 3 a 3 foi justamente o Sheik. "Isso dá ao atleta credibilidade, isso eu observo muito", completou.

Entre para a torcida virtual do Corinthians:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.