Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tirone revela pedido de desculpas do Flamengo no caso Kleber

Presidente do Palmeiras diz que Patrícia Amorim teve a informação errada de que o atacante queria sair

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O presidente do Palmeiras , Arnaldo Tirone, revelou que Patrícia Amorim, mandatária do Flamengo , pediu desculpas por tentar negociar com Kleber . Segundo o dirigente do clube paulista, informações erradas teriam sido repassadas para o time da Gávea.

"Não acredito que o Flamengo faça outra proposta. Eu conversei com a Patrícia na segunda e ela pediu desculpas por ter recebido umas informações erradas. O Kleber é profissional e tem direito de olhar outra propostas, mas tem contrato vigente e diz que quer ficar", explicou Tirone.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

A polêmica começou logo após o jogo contra o Avaí, quando Kleber usou os microfones para desabafar contra seu presidente, reclamando de falta de valorização. Depois, na coletiva de quarta-feira, o camisa 30 afirmou que analisaria normalmente uma proposta do time carioca e que uma valorização estava nas mãos da diretoria palmeirense.

AE
Kleber se prepara para o jogo contra o Ceará
Kleber tem contrato com Palmeiras até 2015 e a única maneira de sair do Palestra Itália, pelo menos segundo os dirigentes, seria pagar a multa rescisória. De acordo com Arnaldo Tirone, o valor ultrapassa a casa dos R$ 100 milhões.

"A multa rescisória é alta. Mais alta do que estão falando por aí. Ultrapassa a casa dos R$ 100 milhões", disse Tirone, para depois brincar. "Mas também não paga a dívida do Palmeiras".

Conheça o aplicativo Torcida Virtual e coloque seu time em 1º no ranking

Versão carioca

Patrícia Amorim não foi localizada para comentar o assunto. Pessoas próximas à presidente do Flamengo, no entanto, afirmaram ao iG que o pedido não deve ter acontecido. Segundo eles, o próprio empresário de Kleber, Giuseppe Dioguardi, ofereceu o camisa 30 para o time da Gávea. Ele já havia negado essa versão na própria sexta-feira e disse que em momento algum conversou com Patrícia.

Leia tudo sobre: palmeirasflamengokleberarnaldo tironepatrícia amorim

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG