Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tirone pede mais setes dias para se decidir sobre Arena Palestra

Presidente do Palmeiras disse que ainda vai analisar o contrato feito pelo time com a construtora WTorre

Gazeta |

O presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, havia anunciado em 1º de março que, em 15 dias, atenderia aos pedidos do Conselho de Orientação e Ficalização (COF) do clube para analisar e constatar o que poderia ser mudado no contrato com a construtora WTorre na reforma do Palestra Itália. O prazo, porém, se estendeu para mais uma semana.

"Vamos analisar o contrato e vou ter um parecer nos próximos sete dias", disse Tirone ao Sportv, mostrando-se discordância principalmente pelos 30 anos de concessão do estádio para a WTorre - que poderá utilizar o espaço como quiser e só cedê-lo se fora visada com antecedência pelo Verdão em dias de jogos.

"Participei do projeto no COF e agora vou fazer de tudo para defender os direitos do Palmeiras, que é o dever do presidente neste momento. Mas não fui eu que assinei o contrato. Se tivesse que assinar, seria um pouco diferente em alguns pontos, principalmente no prazo, que poderia ser menor", analisou o dirigente.

O processo de aprovação do projeto da Arena Palestra Itália, em 2008, foi bastante turbulento no clube. Às vésperas da votação dos sócios, os então opositores, hoje à frente do Palmeiras, entraram na Justiça para evitar o pleito sob o argumento de que não tiveram acesso a detalhes do acerto com a WTorre.

Agora, o contrato passa por uma análise de uma série de advogados, que procuram encontrar brechas para alterá-lo. "Mas o contrato já está assinado e vamos analisar. Se tiver alguma pendência, vamos tentar resolver", afirmou Tirone, que na semana passada rescindiu contrato com a empresa que fiscalizava a obra.

Em meio às indefinições democráticas, o estádio segue demolido. E o Palmeiras gasta com aluguel e busca novas casas. Depois do Pacaembu e da Arena Barueri, a nova e mais viável alternativa do ponto de vista financeiro e de proximidade do público é o Canindé.

Leia tudo sobre: palmeirascampeonato paulista 2011arena

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG