Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tirone nega “fritura”de Sampaio e diz crer na chegada de Wesley

Presidente do Palmeiras elogiou trabalho do diretor de futebol na contratação de reforços

Francisco De Laurentiis, iG São Paulo |

Após os problemas nas negociações entre o Palmeiras e o meio-campista Wesley , do Werder Bremen-ALE, correu o boato de que o diretor de futebol do clube, César Sampaio, estaria sendo “fritado” e poderia deixar o clube. No entanto, o presidente palmeirense, Arnaldo Tirone, tratou de desmentir as informações.

POLÊMICA: Numeradas do Pacaembu têm trocas de xingamentos após vitória do Palmeiras

Francisco De Laurentiis
Tirone assegurou a permanência de Sampaio
“O que o Sampaio fez de errado? Nada! Temos só que elogiar o trabalho dele. Não tem nenhuma possibilidade dele sair. Nenhuma, zero!”, enfatizou. “As pessoas inventam muitas coisas. A negociação não depende só do Sampaio. Tem a outra parte também”, completou o mandatário.

JOGÃO: Assunção resolve, Palmeiras bate XV e dorme na liderança do Paulista

Segundo Tirone, a negociação com Wesley segue complicada, mas o dirigente se mostra esperançoso: “É um jogador de valor elevado, os valores da negociação são muito altos. Mas o Palmeiras está fazendo a sua parte. Se depender de nós, o negócio sai”.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O presidente também aproveitou para negar declaração dada pelo presidente do Atlético-MG , Alexandre Kalil, que também tinha interesse em Wesley. Kalil afirmou que já tinha acertado com o Werder Bremen o valor de 4,5 milhões de euros para ficar com o meia. “Esse preço de 4,5 milhões do Kalil não existe. Eu tentei baixar o negócio para esse valor e não consegui”, afirmou o mandatário do clube alviverde.

Ajude o Palmeiras a aumentar sua torcida virtual

Leia tudo sobre: palmeirastironewesleypaulistão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG