Tamanho do texto

Diretor de futebol ajudaria a blindar Luiz Felipe Scolari, que, atualmente, precisa tomar conta de problemas que fogem do alcance de um treinador

O Palmeiras pode ter novidades em seu departamento de futebol na próxima temporada. O presidente Arnaldo Tirone reconhece que existe a hipótese de contratar um diretor remunerado para ajudar a gerir o setor em 2012.

"Essa é uma ideia que a gente tem. Estamos conversando para melhorar cada vez mais essa parte de administração do clube. Não vou garantir, mas não é uma hipótese descartada. A gente sempre conversa sobre isso. Mas, até o momento, estamos lá com a diretoria e a comissão técnica. Se for para melhorar, podemos pensar nisso", afirmou o mandatário.

LEIA TAMBÉM: Palmeiras volta aos treinos sem Felipão

O diretor de futebol ajudaria a blindar Luiz Felipe Scolari, que, atualmente, precisa tomar conta de problemas que fogem do alcance de um treinador. Com mais um profissional para cuidar de questões extracampo, o pentacampeão poderia ficar mais focado no trabalho com a equipe.

Por outro lado, a ideia não agrada ao vice-presidente de futebol do clube, Roberto Frizzo, que atualmente centraliza as decisões do futebol palmeirense. Se um novo dirigente for contratado, o dirigente do clube perderá um pouco de suas atribuições.

Palmeiras está em 12º no Brasileirão. Veja a tabela

Recentemente, Felipão chegou a pedir que o coordenador Galeano ganhasse mais autonomia para resolver pendências internas do Palmeiras, mas a hipótese foi descartada pela cúpula alviverde.