Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Tinga se preocupa com queda do Palmeiras na classificação

Volante afirma que é preciso mudar para que objetivo de ficar no topo da tabela seja cumprido

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

A sequência de três empates consecutivos no Estadual e a queda na classificação como consequência preocupam Tinga. O jogador do Palmeiras afirmou que alguma coisa precisa mudar para que o time consiga cumprir a meta estipulada por Luiz Felipe Scolari.

Desde o início do Estadual, o treinador afirma que o mais importante é classificar. Ao grupo, no entanto, ele pede a vaga como líder ou vice-líder.

“A gente tem que se preocupar, né? A gente estava em 1º e agora estamos só em 5º. Apesar disso a distância é mínima. Precisamos voltar a jogar bem para ficar com o nosso principal objetivo, que é ficar entre 1º e 2º, para poder ajudar lá na frente. Vamos continuar trabalhando para não perder o foco”, explicou o meio-campo.

No último jogo do Paulistão, durante o empate por 0 a 0 contra o Santo André, a torcida já mostrou sinais de impaciência com a situação. Vaias foram ouvidas durante o jogo inteiro e, no fim do jogo, o Pacaembu se uniu para ir contra a equipe que não conseguiu marcar um gol no rival com um jogador a menos.

“A torcida do Palmeiras, principalmente no jogo de sábado, tem total direito e razão de cobrar. Mas, no meu ponto de vista, com um a menos, eles se fecham muito e fica mais difícil entrar na defesa deles. O Felipão até estava conversando para tocarmos mais a bola, procurar os espaços”, lembrou Tinga.

O Palmeiras enfrenta o Noroeste nesta quarta-feira. O adversário está na 16ª colocação e a vitória é tratada como obrigação, apesar do jogo ser fora de casa. Uma vitória é considerada fundamental para manter a diferença de seis pontos dos que não se classificam.

Leia tudo sobre: palmeirasluiz felipe scolaritinga

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG