Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Time que mais apanha, Palmeiras encara Bragantino, o mais faltoso

Equipe de Felipão joga praticamente classificado no Canindé e Kleber, pendurado, está confirmado

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Se as estatísticas derem o tom do jogo entre Palmeiras e Bragantino, a previsão é de que o time da capital apanhe bastante no Canindé a partir das 18h30. A equipe comandada por Marcelo Veiga é a que mais bate no Estadual, com média de quase 22 faltas por jogo, enquanto que os comandados de Felipão são os que mais apanham, com mais de 22 por partida.

O treinador palmeirense já está sabendo disso. Ele afirma que assistiu a alguns jogos do adversário deste sábado e viu que a equipe entra com muita força nas bolas, mas não viu maldade nenhuma nas gravações que assistiu.

“O Bragantino é um time que marca bem, marca forte, tem jogadores de boa estrutura física. Vi dois ou três vídeos e um jogo ao vivo e não vi maldade, mas vi que marcam bem, muito bem”, reconheceu Felipão.

Kleber é o jogador mais caçado dentro de campo ao lado de Neymar. Com seis faltas sofridas em média por jogo, o atacante está confirmado na linha ofensiva do Palmeiras, apesar de estar pendurado com o terceiro cartão amarelo e correr o risco de não enfrentar o Santos no dia 3 de abril.

“Os jogos valem três pontos. Um ponto mais já estamos entre os oito, mas vamos pensar no Bragantino. Eu sei que alguns o querem no clássico, mas tenho que saber que são três pontos iguais. Melhor é fazer agora, não deixar para depois”, explicou Felipão.

Um empate garante o Palmeiras na próxima fase. O resultado, no entanto, não é o suficiente para o treinador pentacampeão do mundo. Segundo ele, é necessário ficar no lugar mais alto da tabela o possível para poder ter a vantagem de decidir sempre em casa na fase do mata-mata.

Na lateral esquerda, Felipão afirmou que manterá Rivaldo e deixar Gabriel Silva no banco, por causa da fase em que o jovem ficou na seleção brasileira. Para o treinador, Gabriel voltou do torneio das categorias de base menos adaptado ao esquema. Lincoln continua como titular e deve ter a companhia de Patrik, Márcio Araújo e Chico.

Esse último ainda corre o risco de perder a vaga para João Vítor, mas isso não deve acontecer, uma vez que o Bragantino tem um time muito “troncudo”, como gosta de dizer o treinador. Danilo e Marcos Assunção são os desfalques por suspensão.

Do outro lado, sem contar com Juninho Quixadá e Finazzi, Marcelo Veiga tem em contrapartida a volta do zagueiro Carlinhos e do ala direita Nêgo, que cumpriram suspensão. Marco Aurélio, que está lesionado, é dúvida. Além disso, no meio, Veiga deve optar ou por Paulo Roberto ou Cristian.

FICHA TÉCNICA - PALMEIRAS X BRAGANTINO

Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 26 de março de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Magno de Sousa Lima Neto (SP)
Assistentes: João Edilson de Andrade e Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Vinicius Furlan e Leonardo Vinicius Pereira (ambos de SP)

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Leandro Amaro, Thiago Heleno e Rivaldo; Chico (João Vitor), Márcio Araújo, Patrik e Lincoln; Kleber e Adriano Michael Jackson
Técnico: Luiz Felipe Scolari

BRAGANTINO: Gilvan; Marco Aurélio (Murilo), Carlinhos e Everaldo; Nêgo, Éder, Paulo Roberto (Cristian), Rodriguinho e Júlio Cesar; Marcelinho e Léo Jaime
Técnico: Marcelo Veiga

Leia tudo sobre: palmeirascampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG