Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Time ideal do São Paulo depende de Rivaldo e retornos da sub-20

Carpegiani espera desempenho do veterano e indica titularidade a atletas que estão com a seleção de base

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Passadas cinco rodadas do Campeonato Paulista, o torcedor são-paulino ainda não viu uma grande evolução em relação à equipe que não conquistou nenhum título em 2010. Mas a iminente estreia do camisa 10 Rivaldo e o aguardado retorno dos jovens jogadores que disputam o Sul-Americano Sub-20 com a seleção brasileira enchem de esperança o técnico Paulo César Carpegiani.

O treinador admite que o atual momento é “adverso”. Nesta terça-feira, por exemplo, o meia Ilsinho, que estava vetado pelo departamento médico, precisou participar do treinamento e pode até ser titular no jogo de quinta-feira contra o Linense. Outro fator que mostra a situação do elenco é a presença de dois jogadores da equipe juvenil e um do “Super-20” para completar o treino coletivo.

Porém, Carpegiani acredita que esta situação seja apenas temporária, tudo por conta dos “reforços” com os quais ele deve contar na próxima semana. O primeiro, programado já para a quinta-feira, é a estreia de Rivaldo. A preocupação é apenas com relação ao tempo de jogo que o veterano vai aguentar.

“Ele tem muita qualidade, é aquele jogador que antes de receber a bola já sabe o que fazer. Pena que a idade vai avançando, mas conversei com ele e deixei à vontade, ele vai jogar o quanto aguentar. Não sabemos quanto tempo ele vai aguentar e não adianta forçar para tentar ficar o tempo todo”, disse Carpegiani.

O segundo item desta lista de reforços possivelmente será o zagueiro Rhodolfo, cuja contratação pelo São Paulo foi confirmada por seu ex-clube, o Atlético-PR. Embora chegue sem titularidade garantida, o jogador já é apontado por Carpegiani como o substituto ideal para Miranda no segundo semestre.

Por fim, o treinador contará com os retornos de nada menos que cinco atletas após o encerramento do Sul-Americano Sub-20, no dia 13 de fevereiro. São eles o zagueiro Bruno Uvini, o volante Casemiro, o meia Lucas e os atacantes Henrique e William José. “Tenho titulares que estão fora. Mas tenho tranquilidade porque com o tempo vou ter esses jogadores”, afirmou o treinador indicando a intenção de aproveitar os jovens.

Divulgação
William José também vem brilhando na seleção e já ganha elogios de Carpegiani
Das revelações, os favoritos a conquistarem posições de titulares são Casemiro, que teve algumas oportunidades no segundo semestre de 2010, e Lucas, que encerrou o ano como titular absoluto e deve seguir com esse status. Mas William, o nome menos conhecido do grupo, também parece já ter conquistado Carpegiani.

“Vou insistir e dar oportunidades para ele, pois é novo e precisará de paciência, mas já demonstrou que é um jogador típico da posição. No ataque não dá para improvisar. Ele conclui bem, tem velocidade e tem porte. A qualidade que mais chama a atenção é a velocidade”, elogiou o treinador.

E além de mudanças na escalação propriamente dita, Carpegiani ainda espera melhoras no comportamento tático e psicológico da equipe. Em relação ao posicionamento, ele afirma esperar que o time recupere a compactação entre defesa e ataque que possuía no final do ano passado. E em nome de mais vibração, ele admite ainda sonhar com a chegada do volante Guiñazu, do Internacional, para “erguer o grupo”.

Leia tudo sobre: são paulocampeonato paulista 2011rivaldocarpegiani

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG