Ex-jogador fez críticas ao capitão da seleção francesa Patrice Evra por seu papel na campanha da Copa do Mundo

O ex-defensor francês Lilian Thuram se demitiu da FFF (Federação Francesa de Futebol), onde ocupou um papel como um membro do conselho nos últimos dois anos. A entidade disse que o ex-jogador saiu depois de falar com o presidente Fernand Duchaussoy na semana passada.

A federação disse que Thuram deseja trabalhar em uma função diferente, olhando para o "papel do futebol na sociedade" e "na luta contra a discriminação". Thuram é o segundo membro da FFF a demitir-se nas últimas três semanas. Jacques Lambert deixou o cargo de diretor da entidade para assumir uma função de auxílio à Uefa na organização da Eurocopa de 2016 na França.

Thuram fez críticas ao capitão da seleção francesa Patrice Evra por seu papel na campanha da Copa do Mundo, quando os jogadores se recusaram a participar de um treino e foram eliminados na primeira fase do torneio disputado na África do Sul.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.