Sinceramente, trocar o Cruzeiro por outro clube brasileiro, não vejo muita vantagem, porque já jogo num dos principais times, disse

Destaque do setor ofensivo do Cruzeiro, com oito gols no último Campeonato Brasileiro, Thiago Ribeiro espera um 2011 ainda melhor para ele e também para a Raposa. O jogador que vem sendo sondado pelo Internacional declarou que só sairia de Belo Horizonte, se fosse para atuar no futebol europeu. O atleta tem contrato com o time celeste até o final de 2013.

"Sinceramente, trocar o Cruzeiro por outro clube brasileiro, não vejo muita vantagem, porque já jogo num dos principais times. Se chegar alguma coisa do exterior, que agrade ao Cruzeiro, que me agrade, a gente senta e conversa, porque também tenho um sonho de fazer carreira na Europa, de jogar em grandes clubes europeus. Se acontecer alguma negociação, acredito que será para o exterior", declarou o atacante em entrevista a Rádio Itatiaia.

Os direitos econômicos de Thiago Ribeiro pertencem 50% ao Cruzeiro e a outra metade ao empresário do jogador. Dessa forma, para tirar o atleta da Toca da Raposa, o clube celeste teria que receber uma compensação financeira. O jogador admite que existe o interesse colorado em levá-lo para Porto Alegre.

"Eu fiquei sabendo que tinha o interesse, mas falar é uma coisa, acontecer é outra. Especulação é o que mais tem no futebol, mas realmente tomei conhecimento do interesse do Internacional. Eu tenho contrato com o Cruzeiro, e a partir do momento em que o clube receber uma proposta de qualquer time que seja, e ele entender que é bom para o clube, que é bom para mim e bom para meu empresário e gente não vai esconder de ninguém, e vai sentar e conversar", afirma.

Thiago Ribeiro foi indicado para a eleição de melhor primeiro atacante do Brasileirão, e mesmo não tendo levado o prêmio, está valorizado na Toca da Raposa. O jogador foi o artilheiro do time no ano com 21 gols, e a diretoria celeste já declarou que busca um companheiro de ataque para atuar com Thiago e não para substituí-lo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.