Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Thiago Neves marca, e Flamengo elimina o Vasco da Taça Guanabara

Meia faz golaço, time vence por 2 a 1 e garante a liderança isolada do Grupo A com 100% de aproveitamento

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

A história estava pronta e, desta vez, não houve o imponderável. Líder do Grupo A da Taça Guanabara, com 12 pontos e 100% de aproveitamento, o Flamengo venceu por 2 a 1 o Vasco, neste domingo, no Engenhão, e eliminou o rival da competição com três rodadas a disputar na fase de classificação. Para aumentar a festa em vermelho e preto no estádio, Thiago Neves fez um golaço e a torcida celebrou aos gritos de creu.

O Vasco entrou em campo desmontado, sem o técnico PC Gusmão, demitido, sem Carlos Alberto e Felipe, afastados, e já com a negativa do português Carlos Queiroz. O Flamengo mostrou segurança desde o primeiro minuto e conduziu o jogo com tranqüilidade para não correr riscos de dar ao rival a chance de se recuperar na competição.

nullO domínio era visível, mas o Flamengo apenas arriscava chutes de longa distância, com Vander, Egídio e Maldonado. Mas, aos 25 minutos, num cruzamento de Egídio, Thiago Neves tocou para Leonardo Moura chutar cruzado e encontrar no caminho o atacante Deivid, que apenas desviou para o gol vazio, abrindo o placar.

Já perdido, o Vasco não conseguiu se reencontrar em campo e começou a dar espaços ao adversário. A torcida já protestava e integrantes de uma torcida organizada tentavam derrubar um dos portões de entrada do Engenhão. O time ainda teve duas chances, numa cabeçada de Dedé e num chute de Eder Luis, mas nada que exigisse do goleiro Felipe um maior esforço.

O Flamengo esperava uma jogada para conseguir aumentar a sua vantagem. E ela veio num lançamento de Renato para Thiago Neves, que encobriu o goleiro Fernando Prass e completou de coxa para o fundo do gol, aos 46 minutos, fechando o primeiro tempo com a torcida gritando créu, em referência à dança do jogador quando defendia o Fluminense e fez três gols no Flamengo numa goleada de 4 a 1, em 2008.

nullA torcida do Vasco aumentou o seu protesto. No começo do segundo tempo, começou a vaiar e xingar o lateral-esquerdo Ramon, que era vencido com facilidade por Leonardo Moura, tanto na defesa quanto no ataque. O zagueiro Dedé, símbolo do time no Campeonato Brasileiro de 2010, recebia aplausos.

Com apenas 12 minutos do segundo tempo, a torcida do Flamengo começou a gritar olé a cada troca de passes. Gaúcho, então, resolveu mexer no time. Ramon foi substituído por Diogo e saiu de campo reclamando com o treinador. Descendo a escada para o vestiário, ainda fez um gesto obsceno para os torcedores que o xingavam. Misael ainda entrou no lugar de Allan.

Vanderlei Luxemburgo respondeu com as entradas de Wanderley e Marquinhos nos lugares de Deivid e Thiago Neves, saiu ovacionado de campo. A torcida do Flamengo começou a pedir mais um, mas ele não aconteceu e começou a se irritar. Aos 33, acendeu o sinal de alerta. Em cobrança de escanteio, Felipe errou, Marcel tentou o voleio e Leonardo Moura salvou em cima da linha. No rebote, Welinton errou e Rômulo diminuiu para o Vasco.

O gol deixou Luxemburgo irritado e acendeu a torcida do Vasco, que finalmente passou a apoiar o time. Apesar do último suspiro vascaíno, o Flamengo acabou saindo de campo com a vitória, à espera da estreia de Ronaldinho Gaúcho, quarta-feira, contra Nova Iguaçu.

FICHA TÉCNICA – VASCO 1 x 2 FLAMENGO

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro
Data: 30 de janeiro de 2011, domingo
Horário: 19h30 (Horário de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés e Luiz Antônio Muniz de Oliveira (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Eduardo Costa, Anderson Martins, Fernando Prass, Marcel (Vasco), Maldonado e Renato (Fla)
Público: 12.854 pagantes
Renda: R$ 354.720,00

GOLS:
VASCO: Rômulo, aos 33 minutos do segundo tempo
FLAMENGO: Deivid, aos 25, e Thiago Neves, aos 46 minutos do primeiro tempo

VASCO: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Anderson Martins e Ramon (Diogo); Eduardo Costa, Rômulo, Allan (Misael) e Jéferson; Eder Luis (Patric) e Marcel. Técnico: Gaúcho

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Welinton, David e Egídio; Maldonado, Willians, Thiago Neves (Marquinhos), Vander (Fierro) e Renato; Deivid (Wanderley). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Leia tudo sobre: FlamengoCampeonato Carioca 2011Vasco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG