Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Thiago Heleno fala em má sorte e refuta sacanagem no Corinthians

Zagueiro não acha que foi sacaneado no arquirrival e diz que passagem precisa ser apagada da carreira

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Vivendo em lua de mel com a torcida do Palmeiras após dois gols contra o Bragantino, Thiago Heleno ainda tenta esquecer sua passagem no Corinthians. O jogador reconhece que não teve sorte no arquirrival do seu atual time, mas descarta qualquer tipo de sacanagem para ficar sem espaço no Parque São Jorge.

Na época, especulou-se que Thiago Heleno teria sido usado como forma de "fritar" Adílson Batista. O zagueiro foi indicação do então treinador do clube naquela época.

"Eu não fui sacaneado. A carreira do jogador tem altos e baixos. Quando eu cheguei, fiquei 25 dias com infecção intestinal. Isso prejudicou bastante para eu poder mostrar o futebol. A equipe vinha de momento ruim, com derrotas e vários outros jogadores com lesão. Foi um momento ruim que prefiro esquecer, mas serviu de aprendizado", disse o zagueiro.

Felipão, inclusive, não cansa de reconhecer que Thiago Heleno chegou ao Palmeiras depois de indicação de Adílson Batista e que o jogador chegou até a abrir mão de recebíveis para acertar com sua atual equipe.

Ele conquistou recentemente a vaga de titular, desbancando Maurício Ramos, zagueiro que até então era titular e parceiro de Danilo na formação da melhor zaga do Estadual.

"A gente fica feliz pelo último jogo, mas vamos por etapas. Temos um jogo importante no domingo e temos uma semana boa para se recuperar e darmos o máximo no domingo diante do Santos. Eu sempre falei aqui que cheguei para trabalhar, para mostrar trabalho, para impor meu estilo de jogo. Não posso ficar parado. Espero estar com a confiança do Felipão sempre e continuar dessa forma", finaliza o zagueiro.

Leia tudo sobre: palmeirasthiago heleno

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG