Atacante terá a chance de explicar no momento em que ele foi acusado de se recusar a jogar

Nesta sexta-feira, o argentino Carlos Tevez será avaliado por uma comissão disciplinar do Manchester City , após ter se recusado a entrar em campo contra o Bayern de Munique , pela Liga dos Campeões. Afastado do time desde então, o atacante pode ser punido com mais seis semanas longe do time e uma multa de quase R$ 4,7 milhões.

De acordo com informações da rede BBC, Tevez participará da comissão ao lado do capital do time, Vincent Kompany, quando terá a chance de explicar o ocorrido na derrota do City por 2 a 0 contra o rival bávaro.

Tevez chegou a afirmar não ter entendido as ordens do técnico Roberto Mancini. Logo depois, o argentino admitiu ter se negado a obedecer o comando do treinador, porém, deixou claro que foi chamado apenas para se aquecer, e não para entrar em campo.

Sem provas concretas quanto à recusa do jogador para entrar em campo, o Manchester City deverá focar suas acusações na conduta contrária de Tevez em relação ao aquecimento durante o embate.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.