Atacante tem recebido várias punições desde que abandonou o clube em novembro para ir à Argentina

O atacante Carlos Tevez , que está em auto-exílio na Argentina, apresentou um recurso à Premier League inglesa contra a multa de seis salários imposta pelo Manchester City depois que o jogador abandonou os treinos e voltou para seu país natal sem permissão em novembro.

Leia também: Manchester City multa Carlitos Tevez em R$ 25,5 milhões

O City, líder do Campeonato Inglês, puniu o jogador de 27 anos após uma apuração interna que o considerou culpado de má conduta em 22 de dezembro.

Um assessor de imprensa de Tevez confirmou à Agência Reuters que o recurso foi apresentado à liga. A Premier League deve realizar uma audiência em fevereiro sobre o caso.

Tevez e o City travam uma disputa desde que o jogador argentinou descumpriu a determinação do técnico Roberto Mancini de fazer o aquecimento para entrar no segundo tempo de um jogo da Liga dos Campeões contra o Bayern de Munique , em setembro. Tevez não jogou mais desde então.

E ainda: Anzhi oferece 18 milhões de euros por ano a Tevez, diz jornal

A mídia inglesa disse na semana passada que Tevez até agora já perdeu 9 milhões de libras (cerca de R$ 25 milhões) em salários e bônus. Ele recorreu contra a punição diretamente no clube, mas seu apelo foi recusado.

Com o fechamento da janela de transferências de janeiro nesta terça-feira, é improvável que Tevez seja negociado apesar do impasse, o que significa que a disputa deve prosseguir pelo menos até o fim da temporada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.