"Mesmo que faça cinco gols em um jogo, não serei chamado. Só não entendo o motivo", lamenta o atacante

O bom momento de Carlos Tevez no Manchester City parece não influenciar Sergio Batista. o técnico da seleção argentina praticamente descartou a presença do atacante no grupo que disputará a Copa América, mesmo depois de o jogador ser campeão da Copa da Inglaterra no sábado, e marcar dois gols na vitória sobre o Stoke City.

"Mesmo que faça cinco gols em um jogo, não serei chamado. Só não entendo o motivo. Se fiz algo errado, não fui avisado", declarou Tevez, que ainda lembrou a dedicação com a seleção, para cobrar respeito por parte do treinador.

"Só peço respeito, porque acho que mereço. Sempre me dediquei muito por esse país. Daria a vida pela seleção. Jogo por ela e nada mais".

Na polêmica entre jogador e treinador, Tevez ganhou o apoio de Maradona. O ex-técnico da seleção da Argentina disse ao jornal Olé que Sergio Batista "tem que estar bêbado ou drogado" para deixar o atacante de fora do torneio sul-americano, que começa dia primeiro de julho, em solo argentino.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.