Para o treinador italiano da seleção inglesa, Fabio Capello, castigo de um ano para o jogador é suficiente

O zagueiro John Terry voltará a ser capitão da seleção inglesa na próxima partida da equipe, no dia 26 deste mês, contra País de Gales, 13 meses depois de ter perdido a braçadeira por ter se envolvido em um escândalo sexual que o ligou à esposa de Wayne Bridge, ex-companheiro de Chelsea.

"Após um ano de castigo, Terry será outra vez o capitão permanente. Acho que um ano de castigo é suficiente", afirmou o técnico da Inglaterra, o italiano Fábio Capello, a uma semana do confronto válido pelas Eliminatórias para a Eurocopa de 2012.

Terry havia perdido o posto para o zagueiro Rio Ferdinand, que, no entanto, vestiu a braçadeira por apenas quatro jogos. Depois, se lesionou e ficou fora da Copa do Mundo, em que o capitão inglês foi o meio-campista Steven Gerrard.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.